Júlio Prestes – um resumo

     Júlio Prestes de Albuquerque, filho do Coronel Fernando Prestes de Albuquerque, nasceu em Itapetininga, aos 15 de março de 1882.

 Seu pai, fazendeiro naquele município, engajou-se no movimento republicano e, após a queda da monarquia teve papel de relevo no cenário político de nosso Estado.

      Julio Prestes, após terminar seus estudos secundários, ingressou na Faculdade de Direito de São Paulo, concluindo seu curso em 1906. Mas, mesmo antes de se formar, já se dedicava às lides forenses, trabalhando em um dos renomados escritórios de advocacia da Capital. A despeito de se deixar conquistar pela atividade política, projetou-se como advogado, granjeando grande conceito.

     Em 1909, foi eleito deputado estadual, sendo reconduzido, sucessivamente, ate 1924, quando foi conduzido à Câmara Federal. Na Câmara dos Deputados de São Paulo (então, os Estados contavam com um Congresso, composto de Câmara dos Deputados e de Senado) teve atuação destacada, sendo por isso e por sua habilidade como parlamentar, escolhido para líder do Governo.

     Dentre as campanhas que encabeçou, destaca-se a que culminou com a volta da Estrada de Ferro Sorocabana à propriedade do Estado, que havia arrendado a um consorcio estrangeiro. Os desmandos dos arrendatários, em prejuízo dos interesses estaduais e da lavoura, levaram-no a desencadear a campanha, que resultou vitoriosa.

     Instalada a Revolução de 1924, teve participação ativa na organização da resistência conta os revoltosos. Essa resistência teve por base a cidade de Itapetininga e contou com a chefia do Coronel Fernando Prestes e de Ataliba Leonel. Nessa altura, já deputado federal, fez na tribuna da Câmara, a defesa do Governo de São Paulo, naquele episodio, rebatendo as acusações infundadas que lhe eram feitas, por membros da oposição.

     Com a eleição de Washington Luis à presidência da Republica, Julio Prestes foi reconduzido à liderança da bancada do Governo, funções que exercia desde 1925. Nessas funções, coube-lhe o encargo de apresentar e defender o plano financeiro de Washington Luis, nisso que desempenhou com sucesso.

     Em 1927, falece, repentinamente, o presidente do Estado, Carlos de Campos. Para completar-lhe o mandato é eleito Julio Prestes, que assumiu o cargo em 14 de julho daquele ano.

     Esquivando-se de apresentar uma plataforma de governo, com todas as formalidades preferiu numa entrevista ao Correio Paulistano, órgão oficial do Partido Republicano Paulista traçar os rumos de sua administração. Segundo, à risca seu pleno administrativo realizou uma das mais proficuas gestões com que nosso Estado contou.

     No campo da saúde publica deu o mais eficiente e adequado combate ao manter flagelo que, na época assolava o interior de São Paulo a lepra. Concluiu o Sanatório Santo Ângelo e construiu os de Aimorés, Cocais e Pirapitingui. Desenvolveu igualmente campanha contra a tuberculose então, moléstia gravíssima de cura muito difícil e que afetava grande parte da população. Preocupado com atuação ecológica do Estado já aquela altura vitima do desmatamento desordenado em cuidou de preservar as cabeceiras de nossos rios. Interessados em desenvolver nossa principal parte de riqueza deu grande amparo a agricultura e incrementou os meios de transporte. Para tanto, desmembrou a Secretaria da Agricultura, Comercio e Obras Publicas, em Secretaria da Agricultura, Indústria e Comercio e Secretaria de Viação e Obras Publicas. Ampliou a “Escola Luiz de Queiroz;” incentivou a policultura, mediante plantio de algodão da laranja, do fumo, do trigo; o Instituto Biológico criado durante sua gestão teve seu prédio construído por Julio Prestes. O Parque de Indústria Animal, na Água Branca, Capital, é igualmente obra sua. Deve-lhe São Paulo ainda a construção do Edifício da Faculdade de Medicina e acelerando as obras do Edifício do Palácio da Justiça, entre outras.

     No campo da viação, além de ter dado incremento à abertura de estradas de rodagem, fez abrir o ramal Mairinque-Santos, da Estrada Sorocabana, que iria quebrar o monopólio de São Paulo Railway, na ligação do interior com o nosso porto de mar, escoadouro do único do café aqui produzido.

      Para o quatriênio 1930-1934, foi Julio Prestes, escolhido candidato oficial a Presidência da Republica. Vitorioso nas eleições e Presidente eleito realizou viagem a Europa e os Estados Unidos. Contra sua posse deflagra a Revolução de 1930 que, alem de obstar sua ascensão a presidência acarretou-lhe exílio em Portugal, juntamente com outras figuras e destaque da situação deposta.

      Em 1932, eclodida a Revolução de 1932, Julio Prestes, deslocou-se para a Argentina, com o objetivo segundo consta, de participar da luta contra a ditadura. Não teve oportunidade de se engajar na luta, em face à derrota das forças constitucionalistas.

       Promulgada a Constituição de 1934, regressou ao Brasil, indo refugiar-se em sua fazenda de Itapetininga onde se entregou as atividades agrárias.

     Quebrou o silencio a que se votara, em agosto de 1942, para solidarizar-se com o governo brasileiro, ao ser declarado o estado de beligerância entre nosso País e as potências do Eixo. Seu gesto patriótico, teve a maior repercussão.

     Sua ultima aparição, publica, de cunho político, foi a participação saliente que teve, durante a campanha eleitoral em favor da candidatura de Eduardo Gomes à presidência da Republica, proferindo, discurso, no comício levado a efeito no estádio municipal do Pacaembu.

     Faleceu Julio Prestes, em São Paulo, a nove de fevereiro de 1946.     

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: